Dieta Das Proteinas

Dieta Da Proteína

Antigamente somente as pessoas que queriam ganhar massa muscular seguiam a dieta da proteína, mas hoje muitas pessoas que buscam apenas a perda de peso também buscam essa dieta, até mesmo porque procuramos sempre perder peso, mas sem perder massa muscular. Esta descrição pode dar a entender que a culinária africana é pobre ou monótona, mas isso não é verdade – que se pretendeu foi alinhar alguns traços comuns da dieta dos africanos, que não se pode considerar pouco nutritiva nem insípida. Para além dos frutos da terra que dão, por exemplo, azeite de dendê, os africanos adaptaram e cultivam mesmo um grande número de especiarias provenientes do resto do mundo – a ilha de Zanzibar, na Tanzânia, foi durante algum tempo maior produtor mundial de cravo da Índia, aparentemente originário da Indonésia. A África, em geral, adaptou igualmente as receitas culinárias dos povos que a visitaram ou que ali se radicaram e um bom exemplo desta mestiçagem alimentar é a feijoada à moda do Ibo.

Agora bata que restou da pasta de cottage, em seguida junte ao creme que você preparou anteriormente. Bata a clara do ovo (use a pitada de sal para conseguir ponto de neve firme). Acrescente 2 colheres de sopa de adoçante e continue batendo por mais alguns minutos. Depois junte delicadamente a clara em neve àquele creme de limão que já estava pronto. Agora leve a mistura à geladeira por no mínimo 2 horas. Depois é só servir.

Da dieta indígena, a culinária afro-brasileira incorporou, além da essencial mandioca, frutas e ervas. prato afro-indígena brasileiro mais famoso é caruru. Originalmente feito apenas de ervas socadas ao pilão, com tempo ganhou outros ingredientes, como peixe e legumes cozidos.

Nas receitas, priorize fontes de gorduras saudáveis, como azeite de oliva extravirgem e proteínas de boa qualidade, como as carnes magras, frango sem pele, peixes e ovos, que podem ser utilizados em diversas preparações, principalmente café da manhã ou lanches intermediários.

Para essa pizza você vai precisar de queijo tipo mussarela de búfala, um tomate picado em rodela, manjericão e molho de tomate. Depois de fazer a tapioca normalmente na frigideira, pincele um pouco de molho de tomate, coloque a mussarela e depois os tomates e manjericão. Leve ao forno somente para derreter queijo.

Oi Dani! Sugiro um teste de 15 dias com no máximo 30 gramas de carbo e zero glúten, você vai comprovar sozinha como a dieta é ótima e vai se livrar dos últimos 5 quilos insistentes. Se quiser começar devagar corte glúten e açúcar e mantenha os vegetais de mais carbo como batata doce, batata e aipim. Virar a chave direto tem mais vantagens porque você percebe direitinho as alterações ocorrendo no seu corpo, fica mais fácil de observar. De uma vez só ou aos poucos, tenho certeza que você vai se beneficiar se cortar carboidratos. Sucesso aí, tudo de bom!

Aqui você volta à sua rotina normal de alimentação, com a exceção da 5ª feira de ataque, onde você só comerá proteína e deverá também comer 3 colheres de farelo de aveia por dia. Não deixe de fazer exercícios e beber bastante água. Não se esqueça do que você aprendeu nas 3 primeiras fases da Dieta. Seja magro pra sempre!

Eu não como nada em função do treino, faço sempre 3 refeições independente se é dia de treino ou não – tomo café da manhã, almoço e jantar e pronto, mas aqui tem um post com sugestões de lanches low carb Um shake de proteína também pode ser uma boa para você, apesar de não ser comida de verdade é prático à beça e é low carb.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *